Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘prazer’ Category

lacos

Em poucas horas seremos noite.
Ao longe sinto tua presença
em apressados bater de asas
vagando em negro espaço.

Apenas venha, mas sem pressa
em atender meu coração
que descompassadamente
te pede, te chama.

Ainda é crepúsculo
teremos muitas horas
para sermos uníssonos no silêncio
de nossa carne e espírito;
estamos condenados por sentimentos
no limbo de uma eternidade.

Apenas fique em mim
até que o sol te acorde,
ou o bem-te-vi me chame.

(by Beth Santana)

Esse poema foi pulbicado nesse mesmo espaço em  07 de novembro de 2007. E escolhido por Carmen Neves para ilustrar seu novo livro “Castelo de Desejos” – um singelo poema,  puramente intuitivo, que juntamente com outros tantos emotivos – escolhidos por Carmén – ilustraram uma linda história de amor.

PS: Queridos, me perdoem pela ausência – ando um pouco atarefada! Prometo retornar assim que passar esse ciclo de muitos afazeres, deveres, obrigações…

Anúncios

Read Full Post »

 casal1

Me revelastes
que por minha atenção clamavas,
que meu corpo desejavas,
em teu prazer solitário.
Silenciei.
E no silêncio de nossos corpos,
me entreguei.

Despi-me da santa,
atendi ao teu apelo;
me fiz meretriz de tua volúpia
em manhãs sedutoras,
em tardes de êxtase,
em noites devassas.

Presta atenção!
É Ano Novo. Ouço os fogos.
Pega a taça.
Derrama a champagne no meu corpo.
Me deixe inebriada de você!

Deixe que apenas o som de nossos corpos
brinde aos nossos novos dias
de êxtase, sedução, devassidão.

Veja. Eles brindam.
E nós estamos aqui…
Nos embriagamos em nós.

(by Beth Santana)

Read Full Post »